Conheça os motivos que mais causam divórcio no Brasil

Viver uma vida a dois pode ser um grande desafio, de acordo o IBGE, no Brasil, cerca de um terço dos casamentos acaba em divórcio.

Assustadoramente, esse número vem crescendo ao longo dos anos, confira quais os principais motivos que causam divórcios no Brasil.

Rotina

 Um dos maiores vilões no casamento é a rotina. Quem nunca ouviu aquele amigo reclamando que seu parceiro já não se cuida mais?

Que depois de ter filhos a vida sexual dos dois já quase não existe ou “ele não tem tempo pra mim”?

O que acontece é que a rotina e a intimidade acabam com a ilusão de parceiros perfeitos que existe na nossa mente no início de um relacionamento. Quando uma relação cai na rotina, os seguintes sinais podem ser vistos claramente:

Falta de atenção ao outro, falta de interesse na vida pessoal do outro, deixar de ser prestativo, desânimo com a vida a dois e falta de desejo sexual.

Traição 

Um dos maiores motivos para o divórcio. A traição é um ponto delicado para se discutir, afinal, é possível perdoar o outro depois de uma traição?

Alguns psicólogos dizem que sim, através de muita conversa, sinceridade e vontade de perdoar.

Mesmo assim, muitos se recusam a perdoar ou muitas vezes deixam pra lá, guardando mágoas e envenenando seu relacionamento pouco a pouco.

Vida financeira 

A vida financeira com certeza é um dos desafios não só para um casal, mas para qualquer pessoa nos dias atuais.

Manter as finanças da casa em equilíbrio é fundamental para se manter uma boa relação, afinal, o dinheiro pode se tornar o motivo de brigas e insatisfação.

É importante que antes do casamento, o assunto seja abordado pelos dois e algumas regras sejam impostas para que não exista desentendimentos futuros.

Intromissão de terceiros 

Este problema está intimamente interligado a outro problema, a falta de confidencialidade da relação.

Sair expondo sua vida pessoal para quem quiser ouvir, é um dos fatores que mais causam descontentamento dentro de uma relação, porque logo em seguida vem os conselhos amigáveis ou pequenas opiniões.

O problema de envolver terceiros na sua relação é que sempre haverá alguém de fora tentando defender um dos cônjuges.

Aquela sogra que acredita que o filho é um santo, a ex namorada que está sempre precisando de um favor, o amigo carente que está sempre buscando atenção.

É importante que o casal saiba colocar limites no envolvimento de outras pessoas no seu relacionamento, evitar comparações e nunca trocar a companhia do cônjuge por um terceiro.

Relacionamento abusivo

 Este ponto não deve fazer parte de nenhum relacionamento, mas, infelizmente, é também um dos mais comuns.

Quando se pensa em relacionamento abusivo, a primeira coisa a se pensar é um abuso por parte do homem, mas mulheres podem ser tão abusivas e tóxicas quanto os homens dentro de uma relação.

Relacionamentos abusivos normalmente não possuem solução, afinal, quem está agindo dessa forma se vê no direito de fazer isso, não entende a individualidade da outra pessoa e acredita que o outro é sua posse e precisa ser controlado e vigiado nos mínimos passos.

Viver com alguém que faz chantagem emocional é algo capaz de adoecer o outro, emocionalmente e fisicamente, nesses casos, não importa o tempo que leve para a pessoa procurar ajuda profissional, o mais indicado é se afastar de quem te faz mal e abrir mão da relação o mais rápido possível.

Se você está em uma relação e após conhecer as causas que mais causam divórcio, deseja um guia casamento de sucesso, veja algumas dicas abaixo:

  • Mantenha sempre um bom diálogo;
  • Saiba agradecer;
  • Dê sempre o melhor de si;
  • Não guarde rancor;
  • Tenha tempo para o outro;
  • Admita seus erros;
  • Alimente apenas o que é bom;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *